• Gustavo Pessoa

Startups curitibanas criam serviços para facilitar compra, venda e aluguel de imóveis

Matéria publicada no Hub Imobiliário em 22/03/2022

Link original: http://hubimobiliario.com/startups-curitibanas-criam-servicos-para-facilitar-compra-venda-e-aluguel-de-imoveis/


As proptechs, startups focadas no mercado imobiliário, têm registrado grande crescimento nos últimos anos. No Brasil, o ecossistema, incluindo construtechs, registrou um avanço de 235% entre 2015 e 2020. Uma delas, a Visitown, encontrou uma saída para não deixar as vendas e locações das imobiliárias despencarem no isolamento social provocado pela pandemia nos últimos dois anos. A startup desenvolveu um aplicativo para facilitar as visitas em imóveis, seja virtualmente ou presencialmente, a partir do cadastro de profissionais denominados visitowners.

“O visitowner é um demonstrador de imóveis autônomo. A nossa plataforma conecta esses profissionais a imobiliárias, que utilizam o serviço quando a agenda dos corretores está cheia. O prestador de serviço faz sua própria agenda de trabalho, decide seus horários e quais visitas vai aceitar. Isso acaba gerando mais resultados porque o cliente não fica esperando por atendimento”, comenta Gustavo Guimarães, CEO da Visitown.

Também acompanhando as transformações nos hábitos dos consumidores, a startup curitibana Firefly desenvolveu uma solução que permite que o consumidor tenha acesso a informações sobre os imóveis nos quais têm interesse mesmo fora do horário de expediente da imobiliária. A partir do desenvolvimento de chatbots, que simulam um atendimento real e mais “humanizado”, com disponibilidade 24 horas por dia e 7 dias por semana, a negociação se torna muito mais ágil.

O CEO da Firefly, Rhuan Moraes, destaca que mesmo isolados, os consumidores continuaram buscando atendimento e querendo serviços e produtos. Esse comportamento fez com que as empresas buscassem formas de continuar atendendo bem o cliente, com recursos que permitissem que seus colaboradores trabalhassem de forma independente e autônoma, mesmo em casa. A solução deu tão certo, que a startup registrou um crescimento de 500% durante o período de isolamento social.

“Isso fez com que a FireFly se colocasse em evidência e se mostrasse necessária, pois conseguimos entregar essa condição para empresa e seus colaboradores, sem altos custos”, comenta Moraes.

Facilidades

Com a ferramenta da Firefly é possível ainda monitorar o número de interações dos usuários interessados em imóveis, proporcionando maior conhecimento sobre o potencial cliente. A imobiliária onde a corretora Michele Santos trabalha investiu na solução oferecida pela Firefly para se diferenciar no mercado. Quase 1,5 mil potenciais clientes entraram em contato com a empresa por meio da plataforma digital, dos quais muitos fecharam negócio e há outras negociações em andamento.

“Usamos esse recurso desde 2019 para atender os potenciais clientes com mais prontidão. Conseguimos otimizar o tempo de atendimento e, consequentemente, fechar mais negócios. Tudo ficou mais ágil e acessível, e os clientes conseguem quase tudo sozinhos na nossa plataforma”, explica Michele.

Já a solução desenvolvida pela Visitown serve tanto para os visitowners quanto para os corretores da própria imobiliária. O aplicativo fornece indicadores e métricas, como visão geral do tempo de visita, regularidade, período mais procurado pelos clientes, entre outras informações que resultam em um dashboard para auxiliar na gestão do negócio. Segundo Guimarães, as imobiliárias clientes da startup aumentam em 30% a média de visitas com a utilização do aplicativo.




16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo